terça-feira, 15 de março de 2011

Área de caça - Capítulo 1 - O Supermercado

Uma vez eu fui ao mercado com uma grande amiga, chegando lá ela comentou que uma amiga dela disse que: lugar de achar homem solteiro é no supermercado, principalmente de semana e depois das 19 horas." Achei muito engraçada essa postura de mapear a solteirísse masculina e com isso criar um mapa, onde os solteiros se acumulam e com isso aumentar as chances de um... "encontro casual..." Se a gente pesar alguns prós e contras, vai chegar a conclusão que ela tem plena razão, homem vai no mercado de segunda sexta e sempre depois do horário do trabalho, ou seja, após às 19 horas, claro, sempre tem alguns (eu incluso) que vão no fim de semana também.
Muito bem municiado com essa informação, sem maiores pretensões, mas transbordando de curiosidade, passei a prestar mais atenção e acredite, lá estavam as "Men Eaters", num verdadeiro frenesi alimentar. E o besta aqui achando que a informação era nova e tals, que ainda ia dar para fazer planos mirabolantes em busca do assento na janela dessa nova descoberta...
Mas o melhor vocês são sabem, além das mulheres, em plena atividade predatória, quem estava lá também? Sim, eles estavam lá.. Os GAIVOTAS todos estavam lá... Também em plena atividade atrapalhatória, Dava prá ver que o único idiota que não tinha pensado nisso era eu, e que por ser novo na parada, rolava uma certa agressividade por parte dos machos dominantes. Mas, né, não sou homem de correr de cara feia e tratei logo de mostrar as garras e descolar um lugar ao sol, e claro, colocar alguns fora de combate, que na verdade é uma tarefa muito fácil, porque homem quando está perto de mulher é besta e se tiver concorrência ele deixa de ser besta e passa a ser um idiota completo.
Bom, vou nesse mercado há pelo menos 3 anos, então, sei onde se encontram tudo que eu quero e o que não quero também e até por ter essa postura de agilizar a minha vida, não perdendo ela no mercado, deixei muito a desejar no que diz respeito ao frenesi dos solteiros no ambiente, posso dizer com toda certeza que se existiu alguma vez um flerte mais discreto que fosse direcionado prá mim eu nem dei conta dele.
Peguei meu carrinho e sai desfilando pelos corredores, numa paciência digna de um monge budista, encontrei diversos artigos interessantes e alguns até mesmo dignos de notas altas neste desfile. Me deparei com cada olho, cada boca, cada bunda, cheguei a pensar em fixar residência pelo ambiente, afinal, era só descolar um cantinho discreto, a comida já tava lá, os líquidos necessários também e digo mais, se funcionou pro Tom Hanks no filme o Terminal, por que haveria de não funcionar prá mim? E olha que o Tom Hanks catou a Catherine Zeta-Jones, que mesmo sendo casado com um "tiozinho" que se dizia viciado em sexo (se eu ficasse de bulinação com a Sharon Stone também ia ficar viciado em sexo), se rendeu aos encantos do protagonista.
Mas isso não vem ao caso, vamos aos ditames da cópula anunciada, sai em busca de um alvo fácil, que me visse como um alvo fácil também, rodei o mercado por todos os lado, desde a seção de dvd´s (ééééé, tem dvd prá vender lá) até os produtos diet, que por incrível que pareça, não é onde se concentra a maior parte do lado feminino da história. Em cada seção que eu passava, havia sempre uma vítima em potencial, eu rondava, parava prá ver preços, puxava um assunto qualquer e se não rolava uma química instantânea, eu deixava ou era deixado em stand by prá uma possível falta de recursos, ou seja: na falta de tu, vai tu mesmo...
Ai veio o bombardeio, que na verdade, eu meio que já estava esperando, quando de repente, pula (literalmente) do meu lado uma Japa, mas não a Japa Girl do clipe do Supla, essa era uma típica japonesa mesmo, bonita sim, mas devia ter 1:25 de altura, falava mais que a nega do leite, mas era uma pessoa muito agradável, ficamos lá falando sobre amenidades.
E, eu já me sentindo uma criança com um Tamagoshi nas mãos, levando em conta a diferença de tamanho que havia entre nós. Juro, confesso, cheguei a imaginar um sexo oral ali mesmo em pé... Já que era mais ou menos por essa região que a cabeça dela ficava. e desse pensamento, surgiram todos os pensamentos inconfessáveis mais e por serem inconfessáveis, deixo a criatividade de vocês livre pra realizar o que quer que seja que pode acontecer entre um afro descendente (desbotado, mas...) de 1.84 e uma Japa Girl de 1.25. E nessa dava prá crer que estava tudo certo, só não ia rolar ali pq era público e tal, mas se eu já tivesse me estabelecido no ambiente. Há!! ia ser sem perdão... Mas ela se mandou já que estava fazendo compras com a sua genitora, mas, ficou o telefone... 1x0...
Parei na seção dos papéis higiênicos, fiz que estava vendo preço e tal (o que é uma mentira, nessa seção, em especial, eu sei exatamente o que eu quero...) e dando uma geral nas redondezas, ai uma doida parou do meu lado, singela como uma bailaria de bolo de debutante, olhou bem nos meus olhos e disse: - Tô na dúvida, o preço é o mesmo, mas eu não sei se levo o papel higiênico perfumado ou se levo o neutro."
Olha, eu sei que sou pouco tolerante com gente besta, mas se fizer de conta que não tá me vendo eu até deixo passar, mas se jogar na minha cara, eu reajo mal, muito mal...
Fechei os olhos, tentei engolir, mas o instinto tomou a frente e eu com toda delicadeza do mundo disse: - Olha, se você quer dar um up-grade no cheirinho do banheiro, o perfumado é legal, mas se você for levar em consideração apenas "o para que ele se destina", tanto faz..."
Me olhou incrédula do que tinha ouvido, mas e dai, eu já tinha falado mesmo... Mas né, instinto é foda, quando a gente percebe já dsse a bobagem...
Mas, resumindo, acabei indo embora apenas como número de telefone da Japa Girl, que por sinal eu liguei e ela sabia quem eu era, mas aprendi uma lição... Toda área de caça tem suas qualidades e defeitos... Papel higiênico perfumado.. Faça-me o favor....

5 comentários:

  1. a vá?!?!?!
    Mas a cena de sexo oral com a japa girl no supermercado.... caraca... qd percebi já tinha visualizado... não faça mais isso... kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. oh brow entendo o q vc quer dizer com instinto eh foda, mas imaginei (sordidamente) a japa girl abaixando a mandando ver ali msm, quase me mijei de rir kkkkkkk sei como eh esse negocio de 19:00 no mercado foda(mas real).

    ResponderExcluir
  3. tente a sessão destinada a peças de carro da próxima vez. provavelmente se tiver uma mulher olhando isso ela é solteira, já marido nenhum seria maluco suficiente para deixar a mulher mexer no seu carro.

    deixando o machismo de lado, mulher nenhuma sabe trocar o óleo do carro ou quer sujar suas mãos. Ótima oportunidade pra vc trocar o óleo!

    rs

    ResponderExcluir
  4. Adoro o jeito que vc escreve. Par perfeito pra Samantha (minha irmã) e adoro vc mais ainda pq colocou o blog do meu estúdio na sua lista!!!! VALEU!!!!!!

    ResponderExcluir